Psicologia

Home / Serviços

Ciência que estuda, analisa e trabalha com o comportamento humano. Vem crescendo muito nas últimas décadas, não existindo mais o preconceito que havia no passado das pessoas buscarem ajuda de um psicólogo. Hoje existe a psicologia clínica, psicologia educacional ou escolar, psicologia hospitalar, psicologia jurídica, psicologia do esporte, psicologia social e a profissão não para de crescer. Sempre que há um ser humano necessitando se melhorar, lá está a psicologia. 

Sempre que há mais de um ser humano se relacionando, seja num ambiente familiar, profissional, educacional, de amizade, ou qualquer outro relacionamento humano, há espaço para a psicologia, pois é a ciência que trata dos problemas de relacionamento. A finalidade da psicologia é compreender como o ser humano pode conhecer e interpretar a si mesmo e o mundo em que vive, buscando auxiliar em seu processo de amadurecimento e crescimento.

O que faz o psicólogo clínico:

    • Avaliação Psicódiagnóstica 
    • Ludoterapia (Psicologia infantil)
    • Problemas de aprendizagem
    • Orientação de pais
    • Psicoterapia de casal
    • Psicoterapia familiar
    • Orientação vocacional
    • Psicoterapia para adolescentes
    • Psicoterapia para adultos

 

Psicoterapia
É um método de tratamento, uma aplicação dos conhecimentos da Psicologia podendo ser também chamada de Psicologia Clínica. A psicoterapia é um valioso recurso para lidar com as dificuldades da existência do ser humano, em todas as formas onde possam ocorrer sofrimento como transtornos psicopatológicos, distúrbios psicossomáticos, conflitos nas relações interpessoais, crises existenciais e outros distúrbios e dificuldades.

A psicoterapia leva a um crescimento interior, através do autoconhecimento, fazer psicoterapia é se aprofundar no seu “eu” mais profundo, conhecendo seu funcionamento interno, quebrando as resistências, as barreiras que muitas vezes aprisionam, buscando ser uma pessoa melhor, que se relaciona melhor, com equilíbrio, autoestima positiva e fortalecimento interior. O Psicólogo é o profissional formado em psicologia, que utiliza as técnicas e métodos psicológicos na psicoterapia. É muito importante o vínculo psicoterapêutico que se estabelece entre o psicólogo e o cliente (ou Paciente). Quando o cliente resolve marcar a primeira consulta é porque já entrou num processo de mudança, significa que já chegou no seu limite e está pronto para mudar algo em sua vida.

Na primeira consulta o cliente fala sobre seus problemas, angústias, medos, dificuldades, enfim tudo o que está o incomodando e o levou a procurar uma psicoterapia, sendo que o simples fato de dividir isso num ambiente propício, que não o julga e sim o compreende, já é um início do alivio de seu problema. O Psicólogo consegue compreender e sentir, através da empatia, que é a capacidade de se colocar no lugar do outro, aquilo que o cliente está sentindo e tudo acontece de forma muito natural, é como se o psicólogo funcionasse como um ‘espelho’ onde você consegue se ver por dentro, se compreendendo melhor, descobrindo suas potencialidades, se reorganizando e adquirindo forças para resolver o que precisa ser resolvido em sua vida. As sessões são semanais e a duração do tratamento varia de acordo com cada caso.

Algumas Indicações da Psicoterapia:

• Desenvolvimento da capacidade de auto-observação e auto-reflexão, aprendendo a criar novas formas de se ver e novos modos de compreender e conduzir a própria vida . 
• Desenvolvimento de habilidades interpessoais como capacidade empática - saber se colocar no lugar do outro, capacidade de comunicação, assertividade, resolução de conflitos, etc. 
• Fortalecimento da estrutura psicológica - construindo a tolerância e a capacidade de crescer com as dificuldades que a vida apresenta.
• Tratamento de transtornos psicológicos como síndrome do pânico, fobias, ansiedade, depressão, anorexia, estresse e outros; 
• Dificuldades de aprendizagem,TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção Hiperatividade), DDA (Distúrbio do Déficit de Atenção), bloqueios emocionais, traumas e dificuldades emocionais que prejudicam a aprendizagem, etc; 
• Trantornos de personalidade; 
• Dificuldades no relacionamento social causados por: timidez, insegurança, medos, auto-imagem negativa, complexo de inferioridade; 
• Dificuldades ou conflitos pessoais, conjugais, familiares, interpessoais e grupais que podem produzir ou contribuir para sofrimento interior; 
• Crescimento, desenvolvimento e amadurecimento psicológico; 
• Elaboração de crises existenciais, de situações difíceis (luto, crises profissionais, etc) e dificuldades nas mudanças de fases de vida (puberdade, adolescência, vida adulta, menopausa, envelhecimento, etc); 
• Desenvolvimento da capacidade de autonomia e auto-gerenciamento, aprendendo a lidar com seu estado emocional.

Atuação em escolas:
• Triagem e encaminhamentos
• Grupos de estimulações
• Orientações a pais
• Capacitação de professores e profissionais da área
• Adaptações de alunos especiais
• Déficit de atenção e hiperatividade
• Problemas de motricidade (coordenação motora)
• Dificuldades de aprendizagem 
• Dificuldades em interação social
• Orientação vocacional.