Drenagem Linfática

Home / Serviços

Drenagem linfática é uma técnica da Fisioterapia que facilita a circulação da linfa e a expulsão desta, junto com microorganismos e substâncias não necessárias ao corpo. A drenagem linfática traz inúmeros benefícios a pacientes que portam diversas doenças relacionadas ao sistema cardiovascular, como a elefantíase. É uma técnica de massagem manual desenvolvida nos anos 30 pelo terapeuta dinamarquês Vodder, e sua esposa, com o objetivo de tratar afecções crônicas das vias respiratórias superiores. Estimula o sistema linfático a trabalhar em um ritmo mais acelerado, mobilizando a linfa até os gânglios linfáticos.

Por esse processo são eliminados o excesso de líquido e as toxinas. A drenagem linfática pode ser feita de forma manual, mecânica ou por meio de eletroestimulação. A linfa conduz o líquido excedente e as toxinas aos órgãos excretores, provocando uma limpeza interna. Ela também é responsável por levar oxigênio, substâncias nutritivas e hormônios para os tecidos, o que é fundamental para o funcionamento do nosso organismo. Como a linfa se desloca sempre numa mesma direção, ela depende de forças externas, tais como a gravidade, as manobras de massagem, além das forças internas (como a contração muscular, a pulsação das artérias próximas aos vasos, o movimento das vísceras e os movimentos respiratórios) para funcionar como um relógio. Com a massagem favorecemos o seu funcionamento.

A ação da drenagem: 
Imagine um quintal (o corpo), onde são jogados vários baldes de água (a linfa). Então, você pega o rodo (manobras de drenagem linfática) e puxa toda a água para o ralo (gânglios linfáticos) até secar o quintal, ou seja, desobstruir o local. A principal função da drenagem linfática é retirar os líquidos acumulados entre as células e os resíduos metabólicos. Ao serem retirados do local armazenado, tais substâncias são encaminhadas para o sangue através da circulação. Essa técnica também estimula a regeneração dos tecidos, melhora o sistema imunitário, é relaxante e tranqüilizante, combate a celulite e a gordura localizada e ainda melhora a ação antiinflamatória do organismo.

A drenagem linfática é realizada em dois processos, a evacuação, que consiste em desobstruir os gânglios e as demais vias linfáticas, e a captação, que consiste em realizar de fato a drenagem. De forma manual a drenagem é feita a partir de círculos com as mãos e com o polegar, movimentos combinados e pressão em bracelete. Por aparelhos, a drenagem é feita através de um sistema inteligente de computador que infla e desinfla uma espécie de bolsa que assim como a drenagem manual melhora a condição das linfas. É importante saber que essa técnica é contra-indicada para pessoas com infecções agudas, insuficiência cardíaca, trombose, hipertensão, câncer, asma brônquica e bronquite asmática.
Fonte: Redação Portal Educação

A drenagem linfática é uma técnica de massagem usada para drenar e limpar macromoléculas e resíduos celulares. Ela estimula o sistema linfático a trabalhar em um ritmo mais acelerado, mobilizando a linfa até os gânglios linfáticos. Com isso, são eliminados o excesso de líquido e as toxinas do organismo. O sistema linfático é uma rede complexa de vasos que movem fluidos através do corpo. Estes fluidos são responsáveis por transportar as toxinas para longe das células saudáveis, além de trazer materiais para as células que estão lutando contra vírus ou infecções. Apesar do fluido se mover através do sistema linfático, ele não tem o seu próprio mecanismo de bombeamento. A drenagem linfática é um tipo de terapia que serve para ajudar a linfa a fluir mais facilmente. A principal função da drenagem linfática é retirar os líquidos acumulados entre as células e os resíduos metabólicos. Ao serem retiradas do local armazenado, tais substâncias são encaminhadas para o sangue através da circulação. Essa técnica também estimula a regeneração dos tecidos, melhora o sistema imunológico, é relaxante e tranquilizante, combate a celulite e a gordura localizada e ainda melhora a ação antiinflamatória do organismo.

Benefícios da Drenagem Linfática
• Desintoxica o organismo 
• Elimina líquidos acumulados no organismo 
• Ativa o sistema imunológico 
• Atua como analgésico 
• Alivia hematomas e inchaços após cirurgias plásticas 
• Auxilia no tratamento da celulite

Drenagem para Eliminar Celulite
O sistema linfático tem que funcionar bem e deve estar saudável para que não haja o aparecimento de celulite na pele. A linfa (líquido presente entre as células e que apresenta uma composição semelhante a do plasma sanguíneo) é importante para transportar nutrientes e para remover fluidos e proteínas em excesso e para prevenir o inchaço do corpo. O sistema linfático serve para manter as células irrigadas, e também para drenar as toxinas, restos do processo de metabolismo e para manter o equilíbrio da hidratação nas células. Quando há problemas de circulação da linfa, ocorre a celulite. A celulite pode também ser originada por má alimentação e falta de exercícios físicos. Ao entender o funcionamento do sistema linfático, podemos perceber melhor como a celulite aparece. Existem impurezas debaixo da pele, e a linfa não consegue limpar tudo. Estas impurezas misturam-se com gordura e criam pequenos entupimentos sólidos debaixo da pele, a celulite. A drenagem linfática ajuda na sua remoção, pois ajuda a soltar estes nódulos.

Drenagem Linfática e Emagrecimento
A drenagem linfática é indicada para a eliminação de líquidos e toxinas acumuladas, levando à diminuição de medidas do corpo. Porém, não ocorre a eliminação de gordura propriamente dita. O sistema linfático e os rins não tem a capacidade de filtrar gordura. Quando ouvir que com drenagem linfática ocorrerá a eliminação de gordura através da urina, saiba que esta informação não procede. Para eliminar gordura e emagrecer, temos de estimular as reações químicas do nosso organismo a transformá-las em glicose para suprir as necessidades calóricas do corpo. A maneira mais eficaz de emagrecer é através da estimulação do aumento da massa muscular. Isso faz com que ocorra uma troca da massa gorda por massa magra e, neste caso, ocorrerá sim eliminação de gordura. Quando o corpo tem mais massa muscular, gasta mais calorias, fazendo emagrecer.

Como é Feita a Drenagem Linfática
A drenagem linfática manual (massagem) consiste em movimentos circulares, suaves e precisos sobre o caminho percorrido pelos vasos linfáticos. Na versão mecânica, alguns aparelhos reproduzem o movimento de pressão e descompressão. Em outras versões, há aparelhos que aplicam estimulação elétrica em pontos específicos do corpo.

Indicações da Drenagem Linfática
A drenagem é indicada no combate e prevenção da celulite e gordura localizada. A massagem também é a principal indicação para recuperação de inchaços pós-cirúrgicos, especialmente nos casos de cirurgias plásticas (lipoaspiração, mamoplastia, cirurgia de abdômen e rosto). Nesses casos, a drenagem ajuda o organismo a reagir, eliminando líquidos que causam o inchaço e acelerando a recuperação. A massagem também é indicada para casos de má circulação sanguínea, varizes, tensão muscular, enxaqueca, hipertensão e até sinusite. Além disso, por estimular o sistema nervoso parassimpático, é ótima para relaxar e afastar o estresse. O método é contra-indicado apenas para quem sofre de insuficiência renal, trombose, hipertireodismo e para portadores de tumores no sistema linfático.
Fonte: site www.belezaesaude.com